Lei de Engel





4. Verifica como a interpretação do quadro te conduz à Lei de Engel.
R: A interpretação do quadro conduz-me à lei de Engel, pois esta lei diz que uma família mais pobre gasta mais dinheiro em percentagem de alimentos e bebidas do que a família rica e a família rica gasta mais dinheiro em lazer em percentagem do que a família pobre. O gráfico é uma prova de que essa Lei é verdadeira e que me conduz a ela.
5. Comenta o elevado valor das subscrições de telemóveis em Portugal relativamente a outros países.
R: Portugal tem um valor elevado de subscrições de telemóveis relativamente a outros países. O telemóvel é um meio de comunicação, e isso dá para as pessoas controlarem as outras, como por exemplo os pais quererem saber dos filhos.
6. Comenta o elevado número de automóveis em Portugal relativamente a outros países da União Europeia. 
R: Existe um elevado número de automóveis em Portugal relativamente a outros países da UE, pois só está abaixo de Itália. é bem elevado, porque cada pessoa gosta de ter um pouco de independência e cada um gosta de ter um carro próprio.
8. Refere como o consumo varia com os seguintes factores extra-económicos:
a) Estrutura etária dos agregados familiares; 
R: Se um agregado familiar tiver mais pessoas, então é claro que as pessoas vão consumir mais.
b) Estilos de vida (v.g. fast-food, consumos lights, desportos radicais, consumos com consciência ambiental);
R: Se uma família está habituada a comer fora, comer fast-food, então essa família vai gastar mais dinheiro e ter um maior consumo. Se esta praticar desporto, vai gastar menos dinheiro em comida, mas mais em ginásios e outras coisas relacionadas. Se for uma pessoa ecológica, então vai tentar não consumir muito, pois as fábricas poluem o ambiente.
c) Moda;
R: Uma família que goste e siga os padrões da moda tem tendência a gastar mais dinheiro em roupas em cada oportunidade que têm quando sai uma nova tendência. Isso é ao contrário das pessoas que estão habituadas a comprar roupa clássica.
d) Publicidade;
R: A publicidade convence as pessoas a gastar mais dinheiro em coisas que muitas vezes não são necessárias. Isso faz com que elas consumam muito mais do que se a publicidade não existisse.
e) Cultura.
R: Uma família que goste de cultura e de conhecer outras culturas também, então vai gastar dinheiro em viagens, hotéis, e outras coisas. Isso faz com que elas gastem dinheiro no que elas gostem, mas também que consumam mais.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A unidade do social

Necessidades - noção e classificação